Secretaria registra novos motins em unidades prisionais do RN

Segundo direção da unidade, Pereirão teve todas as grades arrancadas das celas (Foto: Alex Alexandre/G1)
 Segundo direção da unidade, Pereirão teve todas as grades arrancadas das celas (Foto: Alex Alexandre/G1)

Mais três rebeliões em unidades prisionais foram registrados no Rio Grande do Nortena tarde desta terça-feira (17). Presos da cadeias públicas de Nova Cruz, na região Agreste; e de Caraúbas e de Mossoró, ambas na região Oeste, iniciaram motins. Até o início da noite desta terça, as rebeliões em Caraúbas e Nova Cruz ainda estavam em andamento. O motim em Mossoró durou cerca de cinco minutos e foi contido por agentes penitenciários e Polícia Militar.

Em Nova Cruz, a rebelião começou por volta das 16h. Policiais militares do 8º Batalhão foram enviados para isolar a área e evitar fugas. Presos tentam arrombar as celas forçando as dobradiças. 
Um cerco foi feito na cadeia, mas não havia ordem para uma intervenção da PM.Um policial foi atingido por uma pedra arremessada de dentro do presídio, mas o ferimento foi superficial.

Segundo informações da direção da Cadeia Pública Manoel Onofre de Souza, em Mossoró, os presos se rebelaram após a saída das visitas íntimas. Poucas celas, segundo a direção, foram danificadas. Para conter o tumulto, que durou cerca de cinco minutos, agentes penitenciários contaram com o apoio da Polícia Militar.

Enquanto isso, presos do pavilhão A da Cadeia Pública de Caraúbas se recusaram a entrar nas celas. Segundo informações da PM, não houve depredação e a única exigência dos presos é a presença da imprensa de Mossoró.
 
G1

Comentários