Governo institui Gabinete de Gestão Integrada de Recursos Hídricos no RN



Gabinete de Gestão Integrada de Recursos Hídricos irá se reunir semanalmente (Foto: Rayane Mainara)
 Gabinete de Gestão Integrada de Recursos Hídricos irá se reunir semanalmente (Foto: Rayane Mainara)

O governo do Rio Grande do Norte instituiu o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) de Recursos Hídricos, em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (18). De acordo com o governador Robinson Faria, a entidade terá importante papel para garantir a continuidade do abastecimento nas áreas mais afetadas pela estiagem.

“O gabinete de gestão será responsável por acompanhar as iniciativas que estão em curso, a captação de recursos para as obras hídricas e as ações emergenciais, para assegurar a continuidade do abastecimento no interior do estado, diante da não confirmação das chuvas que eram esperadas para este ano”, destacou. As reuniões do gabinete serão semanais, com definição de metas de trabalho para 30, 60 e 90 dias.

No último 30 de janeiro, já havia sido lançado um plano de ações emergenciais para a área de recursos hídricos. Agora, com o fim da estação das chuvas, foi definido um acompanhamento ainda mais próximo das ações. Participaram da reunião, os membros do Comitê de Gestão da Crise, que passam agora a integrar o GGI de Recursos Hídricos.

"Nessa reunião apresentamos ao governador os encaminhamentos das ações que começaram a ser planejadas desde janeiro desse ano. Em termos de ações gerais, estamos fazendo o acompanhamento dos reservatórios; perfuração de poços e pequenas obras para melhorar a captação de água. Essas ações são aquelas mais emergenciais para que a gente possa chegar com respostas à população o mais rápido possível", detalhou o titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Mairton França.

No momento, as prioridades de ações do Governo do Estado são para garantir o consumo humano, o que poderá a vir comprometer alguns sistemas de irrigação na agricultura familiar. "Infelizmente alguns sistemas de irrigação já foram restritos só para a noite, mas é porque nesse momento nossa prioridade é o consumo humano", acrescentou o secretário.

Ainda no encontro do Comitê, ficaram definidos a realização emergencial de uma obra de soleira de nível para melhorar a captação de água para abastecimento em Jardim de Piranhas, que servirá para garantir a manutenção do abastecimento de Caicó, e o aporte de recursos para a instalação de poços e pequenas adutoras em São Miguel, no Alto Oeste.

G1RN

Comentários