Henrique Alves visita hidrelétrica de Itaipu



henrique_itaipu

A energia que abastece 50 milhões de casas, também aquece o turismo brasileiro. Um programa de visitação, profissionalizado em 2007, arrecada cerca de R$ 12 milhões por ano, dos quais R$ 3,2 milhões abastecem o fundo do Parque Tecnológico de Itaipu. Lá são realizados estudos, pesquisas sobre energias renováveis, projetos sociais e ambientais e um programa de intercâmbio técnico.

Cerca de 860 mil pessoas visitam o local todos os anos. Ao todo, quase 20 milhões de pessoas já passaram pela Itaipu Binacional. Metade deles é do próprio país, 30% da Argentina, do Uruguai e do Paraguai e 20% de outros países, de acordo com o diretor-geral da Itaipu Binacional no Brasil, Jorge Samek. Durante a visita, o ministro do Turismo, Henrique Alves, acompanhado do presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, plantou uma pitangueira em frente à sede da usina, local que integra o programa ambiental de Itaipu.

A visita começou com um vídeo institucional, já assistido por 10 milhões de pessoas, de acordo com o superintende de Comunicação de Itaipu, Gilmar Piolla. Um novo vídeo, segundo ele, já está em produção. Em seguida, o grupo foi ao mirante central, de onde é possível ter uma vista panorâmica da barragem. “Tenho certeza de que muitos brasileiros não conhecem essa grandiosidade. Temos de valorizar mais as nossas riquezas por meio do turismo”, disse o ministro Henrique Alves.

Comentários