Grupo de Fátima Bezerra deixa o governo Robinson Faria



A senadora Fátima Bezerra, do PT, entregou os cargos de diretor-geral e adjunto da Fundação José Augusto, respectivamente ocupados por Rodrigo Bico e Laissa Costa, ao governador Robinson Faria, do PSD, no início da noite desta segunda-feira, 19, em Natal.

Através da Assessoria, Fátima Bezerra explicou que foi decidido por entregar os cargos pela inviabilidade de execução (devido à falta de recursos) de projetos na Fundação José Augusto.

Entretanto, isto não quer dizer que os cargos serão ocupados por outros partidos aliados do governador Robinson Faria e muito menos que Fátima vai se afastar do Robinson.

Para entender melhor o quadro, é preciso primeiro explicar a dinâmica de como funciona o Partido dos Trabalhadores internamente. A sigla tem várias correntes e cada uma um líder.

A corrente liderada por Fátima Bezerra não mais vai ocupar cargos no governo Robinson Faria, que poderá escolher nos quadros do mesmo partido outro diretor e outro adjunto para a FJA.

Ou seja, o grupo político do PT ligado a Fernando Mineiro, por exemplo, pode terminar por assumir o controle da Fundação José Augusto, nos espaços deixados por Fátima Bezerra.

A insatisfação do grupo político de Fátima Bezerra começou com a saída de Socorro Batista da Educação, seguido da saída de João Maria da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

João Maria e Socorro Batista eram da cota da senadora Fátima Bezerra. A Assessoria assegurou que a senadora Fátima Bezerra continua com o seu cargo em Brasília lutando pelo Rio Grande do Norte, inclusive aliado dos pleitos de Robinson Faria. Apenas que não quer mais indicar cargos.

Mossoró
A decisão, a princípio, não tem efeitos na aliança política do partido dos trabalhadores com o prefeito Francisco José Junior, do PSB, em Mossoró. Segundo a Assessoria de Fátima Bezerra, não foi conversado nada sobre a aliança política com Francisco José Junior.

Via Portal Mossoró Hoje

Comentários