Henrique Alves quer legalizar jogos de azar no Brasil


O Ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, defendeu nesta segunda-feira (26), a legalização dos jogos de azar no país. Durante sua fala, o ministro disse que pesquisou a legislação de diversos países como Inglaterra, Espanha, Portugal, Argentina e Uruguai, e que, com base nessas normas, ele elaborou uma proposta de lei para o Brasil.

Henrique Alves afirmou “Com base nessa legislação, diz uma proposta, que entregue ao ministro [da secretaria do Governo, Ricardo] Berzoini, para que o governo mandasse examinar preliminarmente essa proposta, que eu sei que é polêmica”.

O assunto vem sendo discutido pelo Governo desde o governo de ex-presidente Lula.

De acordo com Henrique Alves, as atividades como cassinos e bingos são legalizadas na maior parte dos países que compõem a Organização das Nações Unidas (ONU).

“Dos 194 países que compõem a ONU, 156 têm a legalidade dos jogos de azar. Entre os que não têm, 70% são países islâmicos. Ou seja, está incumbido aí um sentimento muito radicalizado em relação à legalização”, afirmou o ministro.

Legalização
Em reunião realizada em setembro deste ano, o governo sondou líderes da base na Câmara dos Deputados sobre a possibilidade de legalizar jogos de azar.

A justificativa, segundo deputados que participaram do encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, seria a possibilidade de aumento na arrecadação por meio de taxas.

A estimativa é de que a liberação de bingos, cassinos, entre outros jogos, possa render anualmente até R$ 15 bilhões ao governo.

O tema é discutido desde a época do governo Lula.

Via Portal Mossoró Hoje

Comentários