Henrique defende desenvolvimento do Turismo para crescimento econômico do país


O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, divulgou, durante a manhã desta segunda-feira (9), duas propostas para fomentar a economia do país. Participando do seminário Motores do Desenvolvimento que discute o crescimento econômico do país, Henrique disse que busca a facilitação para a entrada de turistas estrangeiros no país e também a viabilização de áreas especiais de interesse turístico. Para o ministro, a atividade precisa ser mais valorizada no país.

Apresentando dados sobre a importância econômica do fluxo de turistas no país, Henrique admitiu que não tinha o real conhecimento sobre a dimensão que o Turismo tem para o Brasil. Segundo o ministro, a atividade corresponde a 3,7% do PIB do Brasil, gerando 3 milhões de empregos diretos, e interage com 52 atividades comerciais, industriais e de serviços no país, com aproximadamente 6,4 milhões de turistas por ano. Apesar disso, o ministro disse que atividade ainda sofre preconceito.

“Há um preconceito absurdo e até má vontade com o Turismo. Poderíamos explorar muito mais dando a importância necessária, fazendo com que os próprios brasileiros continuem viajando no Brasil”, disse o ministro, afirmando ainda que 78% dos brasileiros que querem viajar têm o foco no território nacional.

Tribuna do Norte

Comentários