Câmara criminal nega pedido de liberdade a ex-governador do RN

Ex-governador Fernando Freire foi condenado à prisão no RN (Foto: Marcelo Barroso/Tribuna do Norte)

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte negou nesta terça-feira (8) um novo pedido de liberdade movido pela defesa do ex-governador do estado, Fernando Freire, preso desde julho de 2015. Fernando Freire foi condenado a mais de seis anos de prisão por envolvimento no esquema fraudulento que ficou conhecido como 'Máfia dos Gafanhotos'.

O pedido da defesa requeria a revogação da pisão preventiva do ex-governador, substituindo por medidas cautelares alternativas. No entanto, os desembargadores negaram o pedido. Segundo a relatora do caso, Maria Zeneide Bezerra, existem fundamentos suficientes para a manutenção da prisão preventiva de Freire.

Segundo o desembargador Gilson Barbosa, a prisão preventiva do ex-governador se justifica uma vez que quando foi preso, Freire estava foragido. Fernando Freire foi preso no Rio de Janeiro, em julho de 2015, após a expedição de mandados de prisão contra o réu.

G1RN

Comentários