Duas pessoas morrem vítimas de balas perdidas em Mossoró, RN, diz PM

Vital Lourenço, de 61 anos, caiu morto ao lado da BR-110, em Mossoró; 26/12/2017 (Foto: Ivanucia Lopes/ Inter TV Costa Branca)

Um homem e uma mulher morreram depois de serem atingidos por balas perdidas na tarde desta terça-feira (26) em Mossoró, no Oeste potiguar. De acordo com a polícia, os responsáveis pelos homicídios são dois homens que andavam armados pela cidade em uma moto, efetuando tiros a esmo.
Segundo o sargento Valdemir Francisco dos Santos, fiscal de operações do 12º Batalhão da Polícia Militar, a ocorrência foi registrada na localidade de Pintos, região do Alto de São Manoel. As vítimas foram identificadas como sendo Vital Lourenço de Aquino, de 61 anos de idade, e Antônia Teixeira Fernandes. 

“Dois homens em uma motocicleta saíram atirando a esmo. Acertaram portões de casas, carro e também essas duas pessoas”, conta o sargento Valdemir. 

Ainda de acordo com o fiscal de operações do 12º BPM, Antônia Fernandes foi atingida quando passava pela Rua Alcino Firmino da Rocha e Vital Lourenço próximo à BR-101. Os criminosos fugiram e não foram mais vistos.

Sem PM nas ruas

O estado enfrenta paralisações da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil há uma semana. Desde a terça-feira (19), PMs se negam a sair dos batalhões da capital e do interior e pedem regularização dos salários atrasados e melhores condições de trabalho. 

De acordo com o sargento Valdemir Francisco dos Santos, em Mossoró, o efetivo do 12º Batalhão está trabalhando em duas viaturas, metade do que normalmente é usado para o patrulhamento. 

Desde o início da mobilização dos policiais, vários arrombamentos de lojas, roubos de carros e assaltos foram registrados na região metropolitana de Natal. Em uma semana sem polícia na rua, o RN registrou 50 homicídios e mais de 360 roubos

Diante deste cenário, o governo federal anunciou o envio de tropas da Força Nacional de Segurança para reforçar o combate ao crime no estado. 

G1RN

Comentários