Blitz educativa marca o encerramento da Semana de Enfrentamento ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes em Patu.




Ao longo da última semana, a Prefeitura Municipal, a Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação, em parceria com as secretarias de saúde e educação, Poder Judiciário, Ministério Público e Conselho Tutelar, realizou uma série de ações e atividades temáticas sobre o Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

As atividades contemplaram tanto instituições na zona urbana quanto na rural, e nesta sexta-feira 18 de maio: O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, foi realizada uma grande blitz educativa na Avenida Lauro Maia, que contou com a participação de todos os seguimentos envolvidos na campanha bem como membros da sociedade civíl.

Às 11h, membros da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Conselho Tutelar e Ministério Público, participaram do Jornal da Educadora, na FM Educadora Patuense, onde prestaram contas de todas as ações realizadas e reafirmaram o compromisso de trabalharem juntos pelas garantias dos direitos das crianças e adolescentes de Patu.

Por que 18 de maio?

Neste dia, em 1973, uma menina de 8 anos, de Vitória (ES), foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado e os seus agressores nunca foram punidos. 
Com a repercussão do caso, e forte mobilização do movimento em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Desde então, esse se tornou o dia para que a população brasileira se una e se manifeste contra esse tipo de violência. 





















Secom

Comentários