Tradição, inovação e valorização aos artistas da terra marcaram a 35ª Feira da Cultura de Patu.



Consolida como o maior evento sociocultural do interior do RN, a Feira da Cultura de Patu, em sua 35ª edição, manteve a tradição com os grandiosos shows em Praça Pública, com atrações de renome nacional como o Padre Antônio Maria, que abriu a Festa da Padroeira de Nossa Senhora das Dores, no Largo da Igreja Matriz, bem como outras atrações nacionais que se apresentaram no palco Cidade Linda, na Praça de Eventos Oliveira Rocha. De 07 à 14 de setembro, Patu recebeu Bandas do porte de Saia Rodada, Luan Eztilizado, Banda Grafith, o cantor Zezo, João Neto Pegadão, Bonde do Brasil, Brasas do Forró, Pedrinho Pegação, Forró dos 3, além de outra grande atração de peso, que foi o humorista ex-integrante da Escolinha do Professor Raimundo, Zé Lezin, que fez apresentação no palco cultural do evento. Tudo isso sem falar na valorização dos artistas patuenses, que tiveram espaço garantido. Tibinha Aragão, Edson Moura, Berg Lima, Vanzinho Aragão e Rangel Lemes, abrilhantaram ainda mais à festa. 

RESGATANDO HISTÓRIAS E VALORIZANDO À CULTURA PATUENSE. 

Este ano, outra grande atração, foi o “Espetáculo Patu- Contos e Histórias”, que durante duas noites, emocionou milhares de pessoas. Para que o espetáculo fosse ainda maior e mais emocionante, além de fiel aos fatos, o prefeito Rivelino, buscou a parceria de produtores culturais que fizeram parte dos também grandiosos espetáculos “Chuva de Balas no Pais de Mossoró” e Auto da Liberdade”. “Buscamos apoio e parcerias para dá ainda mais suporte aos nossos artistas locais que desenvolveram um brilhante trabalho com a encenação da história da nossa cidade”, disse. Vale lembrar que ao todo, mais de 60 artistas patuenses participaram ativamente do espetáculo. “Patu é uma terra rica em cultura e agentes culturais, e contarmos com o apoio do prefeito é de suma importância”, lembrou a Chefe do departamento de Cultura, Milena Rodrigues. A Secretária Municipal de Educação e Cultura, professora Vioneide Linhares, destacou ainda a participação e colaboração de grande parte dos artesãos patuenses que abrilhantaram a EXPOARTE, com estandes fixos, e a consequente comercialização dos seus produtos. “Foi muito lindo ver o engajamento de todos neste projeto que visa valorizar o artesão local, mostrando que Patu tem potencial e pessoas comprometidas”, disse.


INFRAESTRUTURA E EVENTOS PARA TODOS OS GOSTOS 

Durante todo o período festivo, tanto os patuenses quanto os turistas, puderam desfrutar de uma estrutura segura e de uma programação recheada de atração para todas as idades. O Secretário Municipal de Turismo, Esporte e Eventos, Kleriston Dantas, lembrou que a programação do evento foi trabalhada para que todas as pessoas pudesse ter acesso de forma satisfatória. “Montamos uma vasta programação que contou com o tradicional “Show de Calouros”, “FLIPATU- Feira Literária de Patu”, “EXPOARTE”, “Festival de Violeiros”, “Espetáculo Patu”, além de diversas atrações que passaram pelo palco cultural”, isso sem falar na nossa Banda de Música Luiz de França Dantas”, disse. 

SEGURANÇA E ECONOMIA 

O prefeito Rivelno Câmara, ressaltou a importância do apoio das polícias Militar, Civil e de Transito, que ao longo de todo o evento, desempenharam um papel importantíssimo garantindo à segurança de todos os patuenses e visitantes. “Quero parabenizar todas as polícias pelo excelente trabalho, e lembrar que não medimos esforços para que esta parceria desse certo. E tenham certeza de que ainda iremos trabalhar muito para garantir a segurança da nossa gente todos os dias. “disse. No tocante a economia, Rivelino destacou o papel de um evento de tão grande proporção, como o deste ano, para a economia local, onde desde o vendedor ambulante até as lojas da cidade, se beneficiaram com a entrada e consequente circulação de dinheiro na cidade. “Ganhou o pequeno, médio e o grande comerciante que se beneficiou com a maior visitação de turistas, e claro, injeção de dinheiro em todos os setores. É fato que um evento tão grande como este gera despesas mas, gera muito mais recursos para o município como um todo”, disse. 

“UM PATRIMONIO DOS PATUENSES” Foi com estas palavras que o prefeito Rivelino inciou a sua fala durante o encerramento da festa na noite da última sexta-feira (14). Rivelino agradeceu a cada pessoa que colaborou para o sucesso da feira da cultura e lembrou que sem o apoio e empenho de sua equipe administrativa, nada teria funcionado tão bem. Ele destacou o papel das secretarias de turismo, eventos e educação e cultura, que desempenham um brilhante trabalho frente a um evento tão grandioso. O prefeito, juntamente com o vice-prefeito, Gilberto Moura, fizeram entrega de comendas a todos os que trabalharam na festa e em seguida, Rivelino agradeceu a todos e garantiu que em 2019, Patu terá uma festa ainda mais espetacular.

Comentários